Aprenda a proteger a árvore de natal dos gatos

Os gatos são animais muito curiosos e que gostam de estar por tudo, seja subindo ou escalando nos objetos da casa. Quando chega o período de natal e a árvore é montada, muitos deles ficam loucos para mexer lá.
Todos aqueles enfeites chamam muito a atenção deles, com laços, bolas e até mesmo a árvore. Mas então, como contê-los? Como deixar a sua árvore de natal intacta neste período de final de ano? Como proteger a árvore de natal dos gatos?

Aprenda a escolher a árvore

Antes de tudo, temos de considerar que há árvores que são mais adequadas a um ambiente com um pet, seja ele cachorro, gato ou qualquer outro. A possibilidade de machucá-los é real e deve ser prevenida. Por isso, toda atenção na hora de efetuar a compra da sua.
Se você já tem uma problemática, considere trocá-la, principalmente se ela aguçar a curiosidade do seu bichano – você não quer ter de levá-lo ao veterinário, não é mesmo?
Pois bem, a indicação da escolha da árvore é, então, bem simples. O objetivo aqui é evitar que o animal se machuque e garantir o conforto dele e de todos na casa. Siga essas regras:

• Evite pinheiros naturais, eles podem machucar o animal com seus galhos afiados e podem ter produtos nocivos à saúde.
• Prefira as árvores sintéticas, aquelas que, inclusive, são mais comuns no nosso país, especialmente uma de tamanho menor, que evite tombos altos.

Como montar a árvore

Bom, agora que já escolhemos a árvore ideal, chegou a hora de montá-la, não é verdade? Esse processo é fundamental para minimizar a atração que ela pode gerar no seu animal.
Para proteger a árvore de natal dos gatos, siga estes passos:

1. Deixe um espaço seguro em volta da árvore
Não coloque a árvore muito próxima de outros objetos de sua casa. Deixe ela num local espaçoso. Até mesmo por isso, comprar uma menor pode ser uma boa indicação.
O seu bichano é muito esperto, tenha certeza disso. Ele provavelmente vai tentar se fazer valer de qualquer mobília na casa para subir na árvore. É por isso que a deixamos isolada de todo resto.
2. Cuide da base da árvore
Você não quer que o seu gato caia de cima da árvore, certo? Então, uma das dicas que qualquer veterinário especialista costuma passar é deixar a base bem firme. Desse modo, se o animal subir lá, é mais difícil que ela vire, caia e faça um estrago enorme.
Você pode prendê-la na parede, por exemplo. Ou então, quem sabe, se conseguir deixá-la firme, pode deixar em cima de uma mesinha, dificultando que o seu parceiro suba.
3. Enrole papel alumínio no tronco da árvore
Os gatos odeiam papel alumínio. Por isso, se você colocar um desses no tronco da árvore, pode ser que ele perca um pouco do interesse.
4. Mostre ao seu gato que não é para tocar nela
Um certo adestramento é necessário por aqui. O dono tem de ser bem firme e dizer não para qualquer tentativa de aproximação do animal no local. Só assim ele vai aprender o limite.

Como decorar a árvore

Proteger a árvore de natal dos gatos envolve duas etapas: montá-la e decorá-la. Elas devem ser feitas separadamente. Esta, portanto, é a segunda fase.
1. Decore aos poucos
Se o pinheirinho sem decoração já será o suficiente para atrair a atenção dele, imagina todo decorado? Será muito mais difícil para que ele se acostume a esta situação. Por isto, o melhor é ir aos poucos.
2. Saiba escolher e posicionar os enfeites
Na hora em que for colocar os enfeites, saiba não só escolhê-los, como também colocá-los no pinheirinho. Prefira, claro, todos aqueles que têm um potencial menor de chamar a atenção do bichano. Se, por ventura, acabou comprando um desses, coloque-o no alto da árvore.
Deixe também eles muito bem presos, de modo que seja um trabalho árduo tirá-los de lá. Por certo, evite qualquer tipo de fiação elétrica no ambiente como uma indicação veterinária para evitar descargas elétricas.
Com essas dicas, o natal da família (incluindo o gato) fica muito mais seguro. As maiores chances de problemas sérios são minimizadas. Ainda assim, é importante ficar de olho!

Att,

Equipe Qualvet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *