Mais sobre pelos! Agora, de gatos.

Nada mais macio e delicioso de se acariciar do que a pelagem de um “gatito”. Mas para que o pelo do gato se mantenha saudável, podemos ter alguns cuidados para ajudar nosso bichano.

lingua-gatosA partir do seu 15º dia de vida, os gatos começam a cuidar do seu próprio pelo, lambendo-o e utilizando as patas dianteiras para alcançar as zonas onde não chegam apenas com a língua. A língua dos gatos é coberta de pequenas saliências pontudas chamadas papilas. Essas papilas são de queratina, a mesma substância de nossas unhas e cabelos. São elas que fazem a língua ter a sensação de lixa, e servem para remover sujeira, detritos e pelos soltos quando o gato se lambe. Também servem para soltar a carne dos ossos de uma presa. Mas, voltamos a falar sobre os pelos.

Para o gato o banho é um ato de relaxamento, que promove a produção de endorfinas, que acalmam e combater a sensação de dor.

Um gato saudável, terá um pelo macio, brilhante e sedoso, seja de que comprimento for. Portanto, se o seu gato apresentar um pelo sem brilho e com aparência suja, poderá ser um sinal de problemas de saúde como vermes, problemas hormonais, parasitas ou alergias.

51d6e3dcccd3bdac300202a5a3e99de0A alimentação também é um fator importante para a saúde dos pelos. Uma alimentação caseira, tem muitas vezes falta ou excesso de proteínas, vitaminas e outros elementos necessários, o que pode provocar problemas na pelagem ou na saúde geral do seu gato.

Uma alimentação com ração industrial (seca ou úmida) é cuidadosamente elaborada por especialistas em nutrição animal, garantindo todos os elementos que um gato necessita para uma vida e um pelo saudável.

Apesar de todos esses cuidados, a queda de pelos diária é extremamente normal, pois eles se renovam, a medida que nascem novos folículos pilosos, os pelos mais velhos caem.  A temperatura e a época do ano também influenciam. Quanto mais calor, mais pelos caem.

Para manter os pelos saudáveis e brilhantes, você poderá ajudar seu bichano com escovações diárias em gatos com a pelagem longa, ou semanais, para gatos com os pelos curtos, (apesar deles não aprovarem muito a escovação).

O melhor método é habituá-lo desde o seu primeiro dia em casa. Procure escová-lo sempre a mesma hora e de forma calma, para que o gato se acostume com a rotina. Se o gato não gostar de ser escovado, experimente escová-lo pausadamente por pouco tempo, como duas escovações de 1 minuto cada, por exemplo.

No caso de um gato de pelo curto pode utilizar uma escova de metal, que permita separar bem os pelos. Se for um gato de pelo longo, utilize uma escova macia e um pente de dentes largos para desfazer os tufos de pelos embaraçados que podem formar.

Quanto as alergias de pelos de gato em humanos já foi provado por vários cientistas como o Dr. Mark Larche e o Prof. Thomas Platts-Mills que o contato com animais de estimação aumenta as defesas das crianças e das pessoas com problemas respiratórios.

Caso você seja alérgico a gatos, a dica é passar diariamente uma toalha úmida sobre seus pelos, de modo que essa ação irá reduzir a carga alergênica que poderia existir em seu “gatito”. Você também poderá utilizar uma luva de borracha, para passar sobre as roupas ou outras superfícies para remover os pelos que impregnam o ambiente. Aliás, não há como negar quando temos um bichano, pois por mais cuidados que tomamos, eles deixam sempre sua marca, ou melhor, pelo.914f09ebaff08571f152fb2979c28061

 

Att.

Equipe Qualvet

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *