Como escolher um bom veterinário?

Cuidar da saúde de quem é próximo é sempre visto como algo essencial para as pessoas. Isso com a família e, por que não, com os animais de estimação também. Infelizmente, assim como em qualquer profissão, existem profissionais ótimos e outros nem tão bons assim.
Mas como fazer para escolher os melhores? Quais aspectos devo observar? Como vou saber se o veterinário é bom ou não? Independentemente do animal que você tiver, seja cachorro, gato, ave, peixe, roedor, tartaruga, ou o que for, existem algumas coisas que você deve ter em mente ao escolher um especialista veterinário.

Proximidade da sua casa

Um fator importante é que esteja próximo da sua residência. Imagine que o seu cachorro não está bem – é, provavelmente por isso, aliás, que você irá levá-lo à consulta. Então, quanto mais longe for, mais cansativo e pior é. Se for uma emergência, então, minutos podem decidir o destino da vida dele.

O aspecto legal da clínica

Isso é o mais básico de tudo! Saiba como funciona a clínica veterinária. Ela é fraudulenta ou funciona corretamente, sendo responsável legalmente? É claro que a justiça e órgãos de fiscalização devem fazer esse trabalho de verificação, mas isso não significa que você não está sujeito a ter problemas.
Por isso, fique bem atento. Tenha certeza também que você está levando o seu animalzinho a alguém que possui um diploma de medicina veterinária. A moça que faz a limpeza no pet shop não é capacitada para resolver os problemas do seu pet, nem para diagnosticar doenças simples ou para dar vacina.
Se o veterinário barato for muito abaixo dos outros em termos de preços, desconfie também. Normalmente isso não é bom sinal. A não ser que você esteja fazendo uso de um convênio veterinário, onde realmente os preços podem baixar.

A experiência profissional

Normalmente os profissionais com mais experiência tendem a ser mais aptos para lidar com os mais diversos e difíceis casos. Isso por um motivo bem simples: já estão mais acostumados.
É claro que existem novos veterinários que são bons também, até porque provavelmente já passaram por estágios e atividades do tipo. No entanto, se estiver em dúvida prefira aqueles que já possuem uma rodagem maior, especialmente se suspeitar que seu pet tem algo que não seja simples de diagnosticar.

Veterinário 24 horas

Esse fator também é relativo às clínicas. Muitas delas possuem um atendimento 24h. É o veterinário urgência que atende os problemas mais emergenciais, do mesmo modo que alguns hospitais e clínicas com humanos.
Nesse tipo de atendimento, o veterinário responsável será o encarregado por diagnosticar o que o seu pet tem e alertá-lo sobre a conduta adequada. Estes locais devem ter instalações que permitam deixar o seu animal internado, em caso de necessidade. Procure conhecer o local da internação e veja se ele é bem limpo e adequado para receber o seu pet. Exames também podem ser solicitados.

Equipamentos da clínica e veterinários especialistas

Parece bem claro o que isto quer dizer, não é mesmo? Quanto mais a clínica for equipada em instrumentos que facilitem o diagnóstico, mais facilita a vida do veterinário e melhor é para o seu cão. Também é importante que ofereçam diferentes tratamentos, uma vez que para cada caso pode ter um diferente como mais indicado.
Vamos pegar um exemplo de uma cidade grande. Veterinário em São Paulo comumente dispõe de exames no local e uma série de alternativas para tratar. Além disso, o local pode ter também diferentes especialistas. Assim como na medicina humana, a veterinária faz uso de cardiologistas, dermatologistas, neurologistas, etc. Felizmente tem evoluído muito ao longo do tempo.

Outros serviços oferecidos

É bem comum que você tenha de comprar produto de pet shop para o seu animal. Imagine, por exemplo, que foi ao dermatologista e ele diagnosticou uma dermatite? É possível que tenha de adquirir produtos banho e tosa.
Quanto mais serviços o local oferecer, melhor é. Se for o mesmo lugar que você levar para o banho e o seu pet já estiver habituado, melhor ainda. Ele não irá ficar tão estressado com a experiência da consulta, que sempre é uma preocupação.
Alguns locais também oferecem, ou pelo menos têm contato, com serviços de pet sitter e dog walker. Isso demonstra uma ligação com os cães e um serviço de excelência, o que sempre é um diferencial positivo.

Indicações

Outra variável importante é a das indicações. Você conhece alguém que leva o pet em algum lugar e pode recomendar? Isso é ótimo, porque certamente essa pessoa conhece bem de onde está falando. Ainda assim, por via das dúvidas, você pode (e deve) seguir as indicações que temos dado.
O que queremos demonstrar, portanto, é que não é tão fácil assim escolher um local para levar nossos animaizinhos. Clínica veterinária e preços variam muito e não é só nisso que devemos nos ater – pelo contrário. Veterinário barato demais deve levantar suspeitas. Procure se informar bem antes de confiar a saúde do seu pet a alguém.

Att,

Equipe Qualvet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *