Como escolher um bom local para banho e tosa.

Todo mundo que tem um animalzinho de estimação preza muito pelo bem-estar dele. Por isso nos preocupamos tanto quando temos de deixá-los nas mãos de pessoas que não conhecemos.
Quando vamos levá-los para dar banho e tosa, por exemplo, muitas vezes ficamos aflitos até achar um local ideal. Será que estão tratando bem o meu pet? O que será que ele está passando lá? Ele está feliz ou não?
Muitas vezes nossas preocupações não se justificam e ele está sendo muito bem cuidado. Infelizmente, sabemos que há casos de lugares pouco profissionais. Para orientá-lo quanto a isso, escrevemos este artigo. Saiba o que você deve levar em conta na hora de buscar um bom pet shop para banho e tosa.

Comunicação é importante

Com certeza você conhece o seu animalzinho mais do que ninguém. Sabe quais são os problemas de saúde pelos quais ele já foi diagnosticado, como é o temperamento dele e do que ele gosta ou não.
Neste momento, você deve ter em mente que na pet shop eles não sabem disso. Mesmo que você já tenha levado seu bichinho lá alguma vez, eles podem não lembrar, dado que o fluxo de clientes costuma ser muito grande, com cachorros e gatos muito parecidos.
É por isso que você deve comunicar tudo. Não tenha vergonha de dizer tudo que o seu animal tem ou sente. Quanto mais informação, melhor. Se o local for de qualidade, irão anotar todas as suas indicações e levar em conta na hora de tratar do seu pet.

Observe o estabelecimento

Uma dica muito interessante é observar as questões mais específicas do próprio estabelecimento. Se você já conhece há algum tempo, ajuda.
Por exemplo, se o fluxo de funcionários é muito grande, provavelmente há um problema interno, seja ele de gerência, gestão ou na própria equipe. Perceba quem costuma ou não dar banho. Até porque, se o seu bichinho se apegar à alguém, vai ser mais fácil nas próximas vezes.
Outro item de importante cuidado é o das qualificações dos funcionários. Saiba se eles realmente são capacitados para isso ou se simplesmente caíram ali de paraquedas. Mesmo se você chamar alguém que faça na sua casa, tenha certeza da qualidade previamente. O tempo e a experiência também são fatores que devem ser levados em conta.
Veja também se o estabelecimento é cadastrado no Conselho Regional de Medicina Veterinária e se existe um profissional em medicina veterinária que responde legalmente pelo lugar. Isso é obrigatório e dá mais segurança para os proprietários.
Como é o ambiente?
Lembre-se que você está levando o seu amigão lá para algo que, no fim das contas, será bom para ele, mesmo que ele não gosta. A manutenção da higienização é importante através de banho e tosa.
Então, se é para deixar a saúde dele melhor, é claro que devemos observar também se o ambiente do local é propício. Faça a si próprio essas perguntas e saiba respondê-las:
• Ele é bem limpo?
• Os produtos são desinfetados?
• As toalhas são bem higienizadas e de uso individual?
• Existe um controle de pragas e parasitas?
• O transporte fornecido pelo local é seguro, limpo e adequado?

Necessidade do seu bichinho

Sabemos que muitos animais têm necessidades especiais no banho. Já falamos um pouco disso na parte da comunicação, mas é importante frisar e complementar.
Além de comunicar isto ao pet shop, siga as instruções do seu veterinário. Se o seu animalzinho tem um problema crônico de dermatite, por exemplo, provavelmente o veterinário especialista recomendou alguns produtos para pets específicos, como shampoos.
Se a clínica veterinária em que ele consulta é o mesmo local do pet shop, pode facilitar até mesmo para esta questão da comunicação. Contudo, salientamos que esta não é uma necessidade e não é porque uma veterinária boa atende lá que todos os serviços serão de qualidade.

O preço do local

Sabemos que clínica veterinária preços diferentes têm, muitas vezes amortizadas por um convênio veterinário. Certamente isso pesa no bolso, mas tenha em mente que muitas vezes o barato pode sair caro.
Se você levar num local mais barato, mas que não seja de qualidade, pode ser que seu pet venha com algum problema de saúde depois. É claro que existem lugares bons e ruins independentemente do preço. O que queremos dizer é que essa não deve ser a única variável que deve ser levada em conta.
Com isso, portanto, esperamos que você esteja mais certo da qualidade do local em que tem levado o seu animalzinho de estimação. É sempre muito difícil escolher um lugar, porque não estamos lá junto e não sabemos o que está acontecendo.
Fique atento aos sinais que o seu pet dá. Ele volta feliz? Volta triste? Ele faz um escândalo quando vê que está indo no pet shop? Esses sinais podem querer dizer muito. Se eles forem negativos, talvez seja hora de procurar outro local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *