As simpáticas calopsitas

A Caa51f9fccdeacdcd7be09625ea2ad6d43lopsita (Nymphicus hollandicus) é uma ave considerada doméstica pela legislação ambiental brasileira. Por terem passado por diversos processos de evolução zootécnica e manejo, fizeram com que esse pássaro adquirisse características que lhe tornassem dependente do homem.

As calopsitas vem conquistando cada vez mais espaço na vida de diversas pessoas, graças à sua docilidade e afabilidade. Elas apegam-se muito aos seus donos e são extremamente interativas, divertidas sempre alegres e simpáticas quando são acolhidas de maneira carinhosa e amável. No geral, convivem bem com outras espécies e são facilmente adaptáveis, desde que possuam seu espaço e todas as suas necessidades saciadas.

Porém, é necessário pesar muito a decisão de ter esse pet, pois ela necessita de condições especiais e cuidados. Avalie e saiba tudo sobre ela.

As calopsitas são de origem australiana, pesam de 85 a 120 gr e chegam até 30 cm. Atinge a maturidade sexual aos 12 meses e reproduz durante o ano todo, botando 4 a 7 ovos e tendo de 17 a 22 dias de incubação. Elas poderão viver até aos 25 anos

É essencial saber:

  • As Calopsitas são pássaros muito ativos, brincalhões, inteligentes e sentem a necessidade de interagir com seus donos, fora ou dentro de suas instalações. É fundamental que elas recebam toda a atenção necessária ou, caso contrário, podem apresentar comportamento agressivo. Essas aves fazem, por natureza, bastante barulho. Quando domesticadas, podem ser mais quietas.
  • Se você possui uma criança pequena em casa, adquirir uma Calopsita não é a melhor opção. Ainda que sejam pássaros dóceis, podem apresentar comportamento defensivo se manuseados bruscamente. Se uma criança interagir com essa ave de maneira inadequada, poderá acarretar acidentes. Sendo assim, é melhor que opte por outra espécie de animal doméstico.
  • Chegar a um novo ambiente pode ser uma experiência difícil para uma Calopsita. Tenha bastante paciência e evite, a qualquer custo, a ansiedade de querer apressar a adaptação de seu novo pet.
  • Ela ficará estressada e não se alimentará direito nos primeiros dias. Deixe-a tranquila.
  • Não fique pegando sua ave a todo instante. Sabemos que a interação com um novo pet é tentadora, mas evite exageros.
  • Deixe sua gaiola sempre abastecida com alimento e água.
  • Mantenha as instalações do seu pet longe de barulhos e outros pets. A Calopsita ficará assustada muito facilmente.
  • Se tiver uma ave com asas cortadas, muito cuidado ao colocá-la em locais altos.
  • Caso decida ter mais de uma Calopsita, apresente-as o mais cedo possível: quanto mais tempo uma ave passa sem companhia, mais ela se apegará ao dono.

Att.

Equipe Qualvet

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *